Impossível ficar indiferente à tragédia que acontece no Haiti nos últimos dias, que vem chamando a atenção na realidade para todos os problemas enfrentados por esta nação caribenha desde há muito tempo.

Seria muito repetitivo e inútil falar sobre as mortes, os desabamentos e as necessidades que os haitianos estão passando no momento, esse trabalho já está sendo feito pela grande mídia.

Mas quero apresentar aqui a solidariedade com a população através da música de Caetano Veloso e Gilberto Gil, sugerindo uma releitura da sua mensagem, para que já não seja mais vista como uma ironia comparando a miséria brasileira com a haitiana, mas realmente como o grito de dor de uma nação que já possuía muito pouco e agora tem menos ainda.

O arranjo e a interpretação refletem bem a tensão e a dor, a violência e a estupefação que tomam conta do mundo devido aos acontecimento recentes. Aquilo que já não pode ser expresso em palavras, expressa-se pela arte, pelo tom, pela melodia, pelo ritmo.

Pense no Haiti, reze pelo Haiti…